Esta geração está estranha: multiplataforma

Esta geração está estranha.

Na época do PS3, queria muito comprar o console porque só lá eu conseguiria acompanhar o próximo capítulo da saga de Solid Snake, em Metal Gear Solid 4. Só em um console de nova geração eu ia conseguir me divertir no GTA IV.
Tem mais alguma coisa que não dê pra jogar no PS3 neste ano além de Unity? 













Mas agora, parece que os desenvolvedores estão com medo de migrar para a geração PS4 / Xbox One. A motivação que se tinha antes (ter acesso aos jogos novos) não existe agora (pelo menos não ainda).



Se você quer experimentar a nova franquia da Ubisoft, Watch Dogs, pode fazê-lo tranquilamente no PS3 /360.  E Far Cry 4? Idem. Metal Gear Solid, que me fez querer tanto trocar de aparelho antigamente, vai ter o próximo capítulo disponível para  os consoles "antigos". Wolfeinstein, Child of Light, Call of Duty Ghosts, Battlefield 4, tá tudo lá.

Os exclusivos disponíveis ainda são poucos: Knack recebeu notas bem fraquinhas. Killzone Shadow Fall também não teve tanto destaque. Resta Infamous Secound Son, que é bom, mas curto e repetitivo.

Esse ano, pelo que me lembro, teremos apenas Assassins Creed Unity exclusivo para a nova geração. É um título que atrai jogadores, mas é muito pouco.




Tá estranho para o PS4 / Xbox One, por outro lado  dá pra curtir bastante o PS3 e deixar para tomar a facada da nova geração mais tarde.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Thiago Oliveira

Thiago Oliveira é publicitário e jornalista, especialista em generalidades. Amante de tecnologia, internet, redes sociais, ficção científica, games, mangás, animes, cinema e maluquices em geral. O que alguns chamariam de "nerd".
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário